Morre empresário da Odebrecht que delatou Aécio e Lobão

O empresário Henrique Valladares, 1 dos delatores da Operação Lava Jato, foi encontrado morto em seu apartamento no Rio de Janeiro na 3ª feira (17.set.2019).

Valladares foi vice-presidente da Odebrecht durante anos. Em uma de suas delações, relatou ter pago R$ 50 milhões a Aécio Neves depositados em contas no exterior.

Também afirmou aos investigadores ter recebido uma cobrança de propina pedida a ele pelo senador Edison Lobão (MDB-MA), no governo de Dilma Rousseff (PT). Lobão foi ministro de Minas e Energia no 1º governo da petista, informa o MSN.

Nos dois casos, a Odebrecht queria como retribuição facilidades na área de energia. Ainda não foi divulgada a causa da morte.

19/09/2019