Quais são os sintomas da diabetes?

O diabetes é uma das principais doenças relacionadas a problemas cardiovasculares no mundo. Segundo projeção da Federação Internacional de Diabetes, 212 milhões de pessoas ainda não foram diagnosticadosPor isso é tão importante quais são os sintomas da diabetes, para conseguir identificá-la e tratá-la com mais rapidez.

“O diabetes tipo 2 é muito prevalente e, na maioria das vezes, a enfermidade é completamente assintomática, dificultando a identificação“, adverte Adriano Cury, endocrinologista da Beneficência Portuguesa de São Paulo .

Sintomas da diabetes

Segundo o médico, os sintomas da diabetes mais comuns são de fácil identificação. Eles incluem sede frequente, rápida perda de peso, micção constante, visão embaçada, cansaço e cicatrização lenta de cortes e feridas.

O problema, no entanto, é que quando a taxa de glicose no sangue está alta, a doença pode ser confundida com outras condições. “A pessoa pode se sentir cansada, sem energia, não perceber outros sintomas relacionados com o aumento da glicose no corpo e pensar que tem outros problemas de saúde”, exemplifica Cury.

Sintomas em pré-diabéticos

Para complicar, é comum durante a fase de pré-diabetes não haver sintomas claros da doença. “Essa pessoa poderá ter níveis de açúcar no sangue mais altos que o normal, mas não o suficiente para que seja classificada como diabética”, lembra o especialista.

Portanto, os sinais devem ser melhor investigados e interpretados como um alerta. Ao receber o tratamento adequado, mudar o estilo de vida e controlar os níveis de açúcar no sangue o indivíduo trarão uma melhora geral da saúde.

Apresento os sintomas da diabetes. O que fazer agora?

“Se esse paciente apresenta sintomas relacionados ao diabetes, ele precisa de uma avaliação para confirmar ou não o diagnóstico”, adverte o endocrinologista.

Algumas consequências possíveis da diabetes sem tratamento são: retinopatia diabética ou até perda de visão, doenças cardíacas, acidente vascular encefálico (AVE) e neuropatia diabética. A insuficiência renal também é uma possibilidade, nesse caso pode ter até mesmo necessidade de diálise, de acordo com o especialista.

18/11/2019