Tio de terceira vítima procura delegacia para denunciar suposto estupro praticado por PM

O soldado da Polícia Militar, Josevildo Valentim dos Santos Júnior, de 41 anos, pode ter feito mais vítimas no crime de estupro. Após a informação da delegada Rosimeire Vieira de que o PM confessou um estupro em 2014,  o tio de uma terceira vítima procurou a Delegacia de Marechal Deodoro, nesta quarta-feira (23), afirmando a sobrinha foi abusada sexualmente pelo policial. Ao todo, já foram três vítimas de estupro [uma delas foi morta a tiros].

De acordo com o delegado Leonam Pinheiro, além da jovem Aparecida Rodrigues Pereira, que foi estuprada e morta no bairro do Pontal da Barra, conforme depoimento do suspeito, só hoje, mais duas vitimas procuraram a delegacia da cidade para denunciar o fato.

Ainda segundo o delegado, o tio de uma das vítimas foi até a delegacia já que a sobrinha em outro município e reconheceu o acusado. “Ele relatou que ela foi abordada enquanto descia de um carro de transporte complementar entre a Barra Nova e Marechal. Segundo o tio da vítima, as características e os modus operandi são os mesmos”, contou.

Leonam destacou ainda que procedimentos de investigações foram abertos para apurar ambas as situações e que as vitimas devem serem ouvidas até a próxima semana. “Iremos ouvir tanto as possíveis vitimas quanto o soldado”, disse.

O delegado ressaltou que com a divulgação deste caso outras vítimas podem aparecer para reconhecer o suspeito. “Essas divulgações são muito importantes, precisamos intensificar e frisar que caso tenha vitimas de estupro nessa região que ocorreram nesse período podem procurar a delegacia para que possamos analisar”, finalizou.

23/10/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *